A queda de raios na Europa Ocidental* e alguns números
Foudre XD

A queda de raios afeta o território europeu a uma razão média de 350 dias por ano, o que equivale a dizer que há pelo menos um impacto de queda de raios, em qualquer local da Europa, diariamente.

O mês de agosto continua a ser o mês com maior relevância para a queda de raios na Europa Ocidental. 

Evolução do número de relâmpagos nuvem-solo por ano na Europa Ocidental
2018 foi o ano com a maior incidência de queda de raios na Europa Ocidental dos últimos 10 anos, com quase 3 milhões de relâmpagos nuvem-solo registados em toda a nossa rede de deteção europeia, sendo registados 353 dias de queda de raios.
evolution europe

Foudre Xavier Delorme

Em termos de densidade de queda de raios, os 3 países com maior incidência de queda de raios nos últimos 10 últimos anos na Europa Ocidental são a Itália, a Suíça e a França. 

Na Europa Ocidental, no ano de 2018, houve 3 meses que ficaram classificados no top 5 dos meses com maior incidência de queda de raios dos últimos 10 anos: agosto, maio e julho de 2018.
Na verdade o mês de agosto contabilizou mais de 760 000 relâmpagos nuvem-solo na Europa Ocidental, sendo equivalente ao recorde anual em França nesse ano. 

Foram igualmente contabilizados 2 dias recorde na Europa Ocidental, quando comparados com os últimos 10 anos: o dia 09 de agosto com quase 84 000 relâmpagos nuvem-solo, e o dia 27 de maio de 2018 com mais de 76 700 relâmpagos nuvem-solo.

Balanço de queda de raios
Bilan europe

Duas vezes por ano A Météorage elabora um relatório dos locais de queda de raios na Europa (anualmente, e no primeiro semestre).


Para consultar gratuitamente o balanço do ano em curso ou dos anos anteriores: 

 

clique aqui

*L’Europa occidentale comprende attualmente i seguenti paesi: Francia, Spagna, Regno Unito, Portogallo, Belgio, Lussemburgo, Paesi Bassi, Irlanda, Germania, Danimarca, Svizzera, Italia.